Göttinger Predigten

deutsch English espańol
portuguęs dansk Schweiz

Startseite

Aktuelle Predigten

Archiv

Besondere Gelegenheiten

Suche

Links

Gästebuch

Konzeption

Unsere Autoren weltweit

Kontakt
ISSN 2195-3171





Göttinger Predigten im Internet hg. von U. Nembach

2ş Domingo de Páscoa, 27.04.2014

“Tu és meu Senhor!”
Predigt zu Salmo 16:, verfasst von Mateus Holz Tasso

 

Caros membros do corpo de Cristo: sabemos afirmar quem é o nosso Senhor? Estamos a uma semana após a Páscoa e sabemos dizer quem é o nosso Senhor? Quando olhamos para este Salmo de Davi, olhamos para a afirmação do coração de Davi. Gostaria de contar uma história que me aconteceu ainda na juventude. Sempre tive o privilégio de poder estar junto e participando de todas as programações da igreja. Naquela época deixamos de ser ponto de pregação e passamos a ser uma comunidade. Muitas coisas estavam sendo feitas: eram construções sendo erguidas, templo, pavilhão, programações sendo intensificadas, surgimento de um grupo de jovens, com a possibilidade de adolescentes participarem (eu era um destes). Tínhamos um bom grupo na igreja, fazíamos teatros nos cultos, tínhamos um bom coral de jovens, não íamos somente no sábado à noite para o grupo de jovens, mas sim à tarde para jogar pingue-pongue, futebol (no meu caso tentar jogar!), e nos domingos achávamos um jeito de estar juntos de novamente. Era um ritmo bom e muito agradável. Num certo dia, faleceu um senhor de nossa comunidade, e como éramos amigos do seu filho estávamos juntos em todo o processo de despedida. No sepultamento, o pastor local, falou algo que para mim foi um tanto revoltante. Eu conhecia o Senhor que estava sendo enterrado, e particularmente, não gostava dele. Vi muitas vezes este homem, embriagado, espancar seu filho, brigar com a esposa e até algumas vezes tive que sair correndo para não apanhar junto. Este homem adoeceu e veio a falecer em poucos meses. Na do sepultamento o pastor fazendo a locução falou que ele antes de morrer, havia entregado a sua vida a Jesus e pedido perdão dos seus pecados e como diz a promessa bíblica: dado o anuncio do perdão dos pecados é a promessa da vida eterna. Isso não me soou bem. Não achava justo este homem que tanto fez sofrer sua família, que privava seu filho, meu amigo, de estar na juventude, agora ter a promessa de vida eterna. Aquelas palavras me deixaram inquieto por alguns dias, então decidi ir falar com o pastor, e me lembro bem do que lhe disse: "pastor não é justo, o Senhor falou aquele dia no enterro, que o "fulano" tinha entregado a vida a Jesus, se arrependido dos pecados e os confessado e assim sido anunciado por graça o perdão e uma vida nova a ele e a vida eterna. Não acho justo, pois estou com 13 anos, sou quase que um rato de igreja, estou em tudo, faço teatros, canto no coral, vou à juventude, vou a todos os cultos, ajudo nas construções da igreja, e vem este cara e entrega sua vida a Jesus uns dias antes de morrer e ganha a mesma promessa minha?" (estava indignado).

O Meu pastor, homem sábio, de muita oração, leitor da Bíblia, colocou a mão no meu ombro e disse: "pobre de você! Você ainda não conhece a Deus. Você esta em tudo que a igreja oportuniza, mas ainda não conhece o Senhor que a Igreja serve". (levei um choque com a colocação, não esperava). Então com toda a calma, o pastor foi falando de que estar com Cristo é tudo na vida, e isso Davi escreve no versículo 2 de nosso texto, " Tu és meu Senhor; outro bem não possuo, senão a ti somente." Foi me falando de que estar com o Senhor é ter vida, é ter dignidade, é ter amor, paciência, fraternidade, compaixão, alegria, paz, bondade, segurança e assim passou um bom tempo me dizendo o que é ter o Senhor em nossas vidas, e quando terminou me perguntou: Mateus, você acha que estas perdendo a tua vida por querer ter o Senhor em teus dias, em tua história? O que você acha, será que o Senhor que faleceu teve uma vida feliz sem o Senhor Deus? Olha quanto ele perdeu....

Naquele momento, muito marcante para mim, pude entender que ter uma vida com o Senhor e para o Senhor não é perca de tempo, é ganho de vida. Tive que pensar muito e tenho ainda que fazer isso diariamente para afirmar quem é o meu Senhor. Muitas vezes sabemos afirmar quem é o centro-avante de nosso time de futebol, quais são os líderes de partidos políticos e entre outras coisas, mas gaguejamos em falar quem é o nosso Senhor. Davi no Salmo 16, neste hino faz uma confissão de quem é o Senhor, o Deus da vida dele.

Hoje vivemos em um mundo de exclusões. As pessoas são excluídas pela cor, pelo dinheiro, pelas etnias, etc. Contudo, Jesus não excluía ninguém. O nosso Senhor é um Deus que acolhe. A Sua conduta é baseada no amor, que é dado aos pecadores (Mc 2.15ss); às mulheres (Lc 10.38ss); às crianças (Mc 9.47); aos leprosos (Lc 17.11ss); aos publicanos e fariseus (Mc 2.15-17); aos pobres e marginalizados (Lc 14.21); no perdão dos pecados (Mc 2.1-12) e em seu ápice, na cruz do Gólgota (Mt 27.33). Com isso, vejo que por meio do amor de Jesus, que foi julgado, crucificado, morto e sepultado, e que no terceiro dia ressurgiu dos mortos, tudo ação e graça de Deus, temos o acesso à salvação divina (Jo 14.6), e é nesse Senhor que Davi se refugia e se deleita.

Caros irmãos, na Páscoa que a uma semana atrás celebramos, vimos o amor de Deus derramado sobre a humanidade. É o Senhor que reconcilia o ser humano com Deus. É o Senhor que vem ao encontro de cada um de nós. Nós temos a necessidade de nos assegurar em alguma coisa, mas normalmente nossa segurança esta em coisas materiais, em homens. Só há segurança verdadeira em nosso Deus. Nossa vida está segura somente nas mãos de Deus, nosso Senhor.

Confessamos que Jesus é o nosso mestre. Depois aprendemos que A Palavra de Cristo tem resposta para todas as situações da vida. E muitos não querem saber do que Cristo ensina, preferem acreditar em outros deuses. As coisas que Jesus nos ensina às vezes são difíceis de praticar. Ele nos ensina a amar a Deus acima de todas as coisas, mas também ensina a amar ao próximo. Ele nos ensina a nos arrepender dos pecados, mas também nos ensina a perdoar aqueles que nos fizeram mal. Ele nos ensina a não roubar, mentir, enganar e muitas outras coisas importantes. Mas o ensino mais importante de todos é que Jesus Cristo é o único caminho para chegar a Deus. É o único caminho para chegar ao céu. "O Senhor é a porção da minha herança e o meu cálice, tu és os arrimo da minha sorte" Salmo 16.5

É isto o que este Salmo está declarando. "Tu és o meu Senhor... é a porção da minha herança,... me aconselha,... tenho sempre a minha presença, ... Tu me farás ver os caminhos da vida..."

Jesus uma vez disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim". João 14.6. Se quisermos que a nossa vida ande em segurança, precisamos viajar no caminho de Jesus, andar com o Senhor, aprender de Jesus e fazer a sua vontade. Que Deus assim conduza as nossas vidas, e que saibamos mais e mais de nosso Senhor e que possamos sempre dizer: "Tu és o meu Senhor, outro bem não possuo senão a ti somente" Salmo 16.2. Amém.

 



P. Mateus Holz Tasso
Amambái-MS
E-Mail: mateus-ht@hotmail.com

(zurück zum Seitenanfang)